O Seguro Garantia Judicial é a solução se a sua empresa precisa de caixa, e tem valores imobilizados em um depósito recursal.

Muitas empresas de vários setores estão enfrentando o mesmo problema diante da crise: fluxo de caixa enfraquecido. Assim, com o comprometimento dos custos operacionais, ficou ainda mais difícil manter seu negócio em pleno funcionamento.

Uma das soluções possíveis é tentar recuperar valores que estão imobilizados e transformá-los em caixa. Para isso, o seguro garantia judicial pode ser um grande aliado.

Você sabia que os valores imobilizados em ações trabalhistas, podem ser levantados mediante apresentação de um Seguro Garantia Judicial?

A possibilidade já era prevista pela legislação e foi confirmada recentemente por uma decisão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o que pode auxiliar as empresas no enfrentamento de problemas com o fluxo de caixa.

Decisão do CNJ permite substituir garantia em depósito por seguro

A previsão legal para substituição do depósito judicial por Seguro Garantia, confirmada pelo Conselho Nacional de Justiça, dirimiu qualquer interpretação do TST (Tribunal Superior do Trabalho) que dificultava essa substituição.

Tal posicionamento do CNJ veio ao encontro da crise econômica causada pela atual pandemia do COVID-19, no qual muitas empresas começaram a realizar pedidos para a substituição do depósito pelo Seguro Garantia Judicial. Percebendo essa demanda, o CNJ colocou a questão em votação para apresentar uma decisão definitiva sobre o assunto.

Felizmente para as empresas, a decisão foi positiva. Por isso, agora é oficial: se uma empresa fez um depósito para a garantia recursal, ela pode realizar o pedido de substituição desse depósito pelo Seguro Garantia e assim, recuperar o dinheiro que estava imobilizado.

Vantagens de substituir o depósito pelo seguro garantia judicial

A substituição de depósito por seguro traz vantagens concretas. A principal delas, com certeza, é financeira; comparando as duas modalidades, o seguro garantia judicial chega a ter um custo 90% inferior ao depósito recursal.

Quando a empresa escolhe o depósito, ela precisa tirar do seu fluxo de caixa a quantia necessária para garantir o juízo, conforme determinação judicial.

Enquanto isso, quando ela escolhe o Seguro Garantia Judicial, ao contrário de inserir todo esse montante via depósito judicial, simplesmente contrata uma apólice e oferece no processo. Nessa apólice a empresa pagará apenas pela contratação (prêmio) e não imobilizará um alto valor do caixa durante o período do processo.

Além disso, contratar uma apólice do Seguro Garantia é bem mais fácil do que os empresários imaginam. É possível fazer a cotação e a contratação de forma rápida e online, basta fornecer alguns dados sobre a empresa.

Para completar, vale a pena lembrar que o seguro garantia é uma alternativa prevista em lei para a garantia recursal nos processos trabalhistas e, portanto, contratá-lo é totalmente seguro para as empresas.

Como recuperar valores imobilizados 

Para recuperar os valores que estão em depósito, basta fazer duas coisas: apresentar a petição ao tribunal e realizar a contratação da apólice do Seguro Garantia Judicial.

Naturalmente, para fazer a contratação da apólice, é preciso escolher uma seguradora que ofereça essa modalidade de seguro. De preferência, trabalhe com uma especialista, que tenha alto grau de segurança financeira. Se essa seguradora for digital, você poderá fazer a cotação e a contratação online.

Com a Junto Seguros, você pode cotar seu Seguro Garantia de forma rápida e prática. É só acessar nossa plataforma!

Mostrar comentáriosFechar comentários

Deixe seu comentário