Entenda as diferenças entre o Seguro Garantia e o Seguro Auto, para que servem e o que é considerado sinistro em cada um deles.

Quando falamos de Seguro Garantia, nos referimos a apólice de dá à empresa a segurança financeira que ela precisa para garantir seus contratos. E se você acredita ser difícil entender essa modalidade de seguro voltada para empresas, talvez possa ler esse artigo criado para explicar qual é a diferença do Seguro Garantia e um Seguro Auto. Acompanhe!

Diferenças entre Seguro Garantia x Seguro Auto

O que é

O Seguro Garantia tem a finalidade de garantir o cumprimento de uma obrigação prevista em um contrato firmado, seja ela de fornecer bens, prestar serviços, fabricar ou executar obras. De acordo com a Lei 8.666/93, essa é uma opção de garantia que também pode ser exigida para comprovar a qualificação financeira de uma empresa que vai participar de uma licitação.

Já o Seguro Auto é utilizado contra possíveis danos ocorridos em veículo automotor, como roubo e furto, ou até mesmo em acidentes de trânsito. Além disso, é possível a contratação de cobertura para danos pessoais em relação às vítimas envolvidas no sinistro. Sua cobertura, normalmente, abrange todo o Brasil.

Partes envolvidas

Seguro Garantia

No Seguro Garantia há três partes envolvidas: segurado (contratante), tomador (contratado) e seguradora.

· Segurado (contratante)
É o beneficiário da apólice. Pessoa física ou jurídica que contrata o fornecimento de bens, prestação de serviço ou execução de obra. Ele é aquele a quem serão entregues os bens ou serviços contratados, o credor de uma obrigação em discussão administrativa ou judicial, ou o dono da obra.

· Tomador (contratado)
Pessoa jurídica contratada para prestar o fornecimento de bens, prestação de serviço ou execução de obra. Através de um contrato principal, o tomador assume a responsabilidade de fornecer bens, de construir ou prestar serviços, nos limites do contrato celebrado.

Logo, sendo o tomador o responsável pelas obrigações contratadas, igualmente é o maior interessado em cumprir o contrato e, em razão disso, que é de sua a incumbência a contratação e o pagamento do prêmio da apólice de seguro garantia que garantirá suas obrigações contratuais.

· Seguradora
É, por exemplo, a Junto Seguros, seguradora que emite a apólice de seguro que garantirá que as obrigações do tomador sejam cumpridas ou as decorrentes de discussões judiciais e administrativas.

Seguro Auto

Já no Seguro Auto são duas partes envolvidas: seguradora e segurado.

· Seguradora
Empresa constituída legalmente para assumir e gerenciar os riscos especificados na apólice para um seguro de um veículo automotor.

· Segurado
Pessoa física ou jurídica que contrata o seguro de carro, paga o prêmio, assina a proposta de seguro, solicita modificações, cancelamento e renovação do contrato. Os interesses do segurado são garantidos durante a vigência do contrato e é ele que tem o direito à indenização.

O que é considerado sinistro no Seguro Garantia e no Seguro Auto

Seguro Garantia

O sinistro do Seguro Garantia ocorre quando as obrigações contratuais cobertas são descumpridas com a comunicação à seguradora dos problemas ocorridos. Nesse caso, os prejuízos do segurado são indenizados até o valor da garantia fixado na apólice.

Funciona da seguinte maneira: o segurado (por exemplo, a Administração Pública) verifica que o contratado não cumpriu com determinada obrigação assumida no contrato principal e o notifica o tomador (contratado), solicitando que a obrigação seja cumprida em determinado prazo ou, ainda, sobre eventual processo administrativo instaurado para apuração dos prejuízos.

Se o contratado continuar inadimplente após esse prazo, ou ao final do processo administrativo for confirmada a irregularidade com aplicação de sanções, o segurado poderá exigir que a seguradora tome as devidas providências para regularizar a obrigação contratual ou indenizá-lo pelos prejuízos sofridos.

Então, dois são os momentos quando do sinistro do seguro garantia: o segurado deve notificar a empresa contratada sobre as irregularidades e, igualmente, informar à seguradora. Nesse momento, o segurado encaminha à seguradora as cópias da notificação de outros documentos que contém os detalhes dos itens não cumpridos do contrato e incluir, se houver, a resposta da empresa contratada.

Por ser o beneficiário do seguro garantia, ao segurado resta a obrigação de comunicar o sinistro à seguradora.

Seguro Auto

O sinistro é quando ocorre um evento que está definido na apólice e tem cobertura no seguro contratado. Um exemplo é quando alguém bate o carro involuntariamente e possui cobertura para colisões. Ou quando seu carro é roubado ou furtado e isso também constava na apólice.

Entretanto, se o seu veículo for roubado e você não tiver contratado a cobertura para furto ou roubo, o evento ocorrido não será considerado um sinistro, pois os prejuízos não poderão ser cobertos pelo seguro.

Prêmio de Seguro

O prêmio do seguro é o valor que o contratante deve pagar à seguradora para garantir os benefícios previstos nela.

Perfil do segurado

Seguro Garantia: empresas do setor público e do setor privado ou pessoas físicas que desejam proteger seus negócios. Atende a diversos perfis, pois está disponível em várias modalidades.

Seguro Auto: diferente do Seguro Garantia, ele é construído a partir das respostas dadas pelo cliente no Questionário de Avaliação de Risco. Com base nele, o preço do seguro do veículo é definido. No questionário, o proprietário do veículo presta informações como idade, estado civil, endereço e profissão, estado do carro, entre outras.

Os dois tipos de seguros atingem público diferentes, mas ambos têm em comum a finalidade de garantir possíveis imprevistos.

O uso do Seguro Garantia nas licitações

Entre as garantias disponíveis no mercado, como a fiança bancária e a caução em dinheiro, que podem ser apresentadas quando uma empresa decidir participar de um processo licitatório onde o edital exige a apresentação de uma garantia da proposta, o Seguro Garantia é a que oferece o melhor custo-benefício, menos riscos e custos para a empresa. O custo varia entre 1% e 4% sobre o valor garantido.

Outra vantagem do seguro é que sua cotação e contratação podem ser feitas online, com a emissão da apólice ocorrendo em poucas horas.

Além disso, não limita o acesso da empresa ao crédito e permite que os recursos da empresa fiquem livres para serem usados da maneira mais benéfica para o negócio.

A Junto Seguros é especialista no assunto há mais de 20 anos e já emitiu mais de um milhão de apólices. Para fazer uma cotação, basta informar alguns dados da empresa, de um jeito simples e fácil. Acesse e comprove!

Mostrar comentáriosFechar comentários

Deixe seu comentário